Análise cinética das ações dos inibidores sobre as enzimas

Walter Brune, José Domingos Fabris, Antônio Carlos de Oliveira, Tânia Toledo Oliveira, Tanus Jorge Nagem

Resumo


Um conjunto de dados, com alta dispersão experimental, de uma reação de inibição de uma peroxidase por quecertina foi usado para demonstrar o modo pelo qual é possível, através de manipulação gráfica e de análise de regressão linear, obter resultados estatisticamente interpretáveis sobre o mecanismo da inibição enzimática. O modelo cinético mais provável da reação foi estabelecido como sendo o de uma inibição não-competitiva mista. O procedimento estatístico aqui proposto (i) revelou-se relativamente simples, geral e método não-ambígüo de análise numérica em cinética enzimática envolvendo inibição, baseado em regressões lineares consecutivas, e que não requer, necessariamente, o estabelecimento prévio de uma hipótese do tipo de inibição; (ii) pôs em evidência a influência dos erros experimentais na decisão sobre o mecanismo da reação de inibição e (iii) permitiu verificar a validade do modelo cinético e em qual extensão é explicado pela equação de Michaelis-Menten. Por isso, todos os métodos de inibição propostos foram submetidos a julgamento estatístico.


Palavras-chave


Michaelis-Menten; cinética; inibição

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461