Efeito de parâmetros analíticos sobre a precisão de métodos de extração de zinco do solo

Mara Cristina Pessôa da Cruz, Celso Augusto Fessel Graner, Manoel Evaristo Ferreira

Resumo


Amostras de quinze solos representativos do Estado de São Paulo e quatro extratores (DTPA, Na2EDTA, HCl, e Mehlich 1) foram usados em estudo de métodos de extração de zinco do solo. Cada extrator foi estudado nas relações solo: solução extratora de 1:2, 1:4 e 1:10 e em três tempos de agitação na relação mais comumente adotada em cada caso. Com os extratores DTPA, Na2EDTA e HCl, a quantidade extraída de zinco se manteve praticamente inalterada nas relações solo: solução de 1:2 e 1:4, e aumentou na relação 1:10, a qual resultou em coeficientes de variação maiores. Com o Mehlich, não houve tendência definida. O aumento do tempo de agitação com o DTPA, na relação 1:2, praticamente não afetou a quantidade extraída, nem a precisão. Com o Na2EDTA, na relação 1:10, ambas aumentaram. Com o HCl e o Mehlich, ambos na relação 1:4, o aumento do tempo de agitação não afetou a quantidade extraída, e não teve efeito definido sobre a precisão. Assim, recomenda-se o emprego da relação 1:2 com os extratores complexantes, e 1:4, com os ácidos. Quanto aos tempos de agitação, recomenda-se 120 min com os complexantes, 15 min com o HCl e 5 min com o Mehlich.


Palavras-chave


avaliação da fertilidade do solo; análise de solo; micronutriente; DTPA; Na2EDTA; HCl; Mehlich 1

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461