Análise isoenzimática de dois híbridos putativos naturais de espécies silvestres do gênero Manihot (Euphorbiaceae)

Claudio Brondani

Resumo


Dois híbridos putativos naturais e seus prováveis parentais foram analisados via marcadores isoenzimáticos. Para Manihol nana e M. nogueiraeforam empregados os sistemas SKD, G6PDH, NADHDH, GOT, ACP, SOD, LAP, AK e NADPHDH. Para M. hilariana e M. saficifolia, foram utilizados IDH, MDH, PGI, PGD e MR. A análise baseou-se na presença ou ausência de bandas, utilizando-se o índice de similaridade genética de Jaccard. Os resultados indicaram não se tratar de um híbrido entre M. nana e M. nogueiraee que, provavelmente, para o caso de M. hilariana e M. saficifolia, há ocorrência do híbrido. Eventos como este podem proporcionar novas combinações de alelos e ser precursor do processo de fixação de espécies do gênero Manihiot.


Palavras-chave


variabilidade genética; isoenzimas; cruzamentos naturais

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461