Absorção de metais pesados pelo azevém (Lolium multiflorum) em dois solos do Estado do rio Grande do Sul

Leda Cabral Amaral Pombo

Resumo


Com o objetivo de avaliar a absorção de metais pesados para as plantas, foi instalado um experimento em vasos, ao ar livre, com dois solos podzólicos vermelho-amarelos do Rio Grande do Sul, nos quais foi plantado o azevém. Os metais pesados Ni, Pb, Cd, Zn e Cu, em dois níveis, foram adicionados aos solos no lodo procedente do Sistema Integrado de Tratamento de Efluentes Líquidos do Pólo Petroquímico do Sul, aplicado em doses de 0, 5,0 e 8,5 g kg-1. Os metais pesados distribuíram-se no lodo em formas de diferentes disponibilidades. A ausência de sintomas de toxidez e os elevados índices de tolerância mostraram que os metais pesados, nas condições do estudo, não prejudicaram a cultura do azevém. Os agentes quelatantes EDTA e DTPA não foram eficientes para avaliar o Pb e o Ni disponíveis, e o CaCl2 foi o extrator mais eficiente para avaliar o Cd disponível para as plantas.


Palavras-chave


solo podzólico; extratores

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461