Agrupamento de genótipos segundo a adaptabilidade ao ambiente

João Gilberto Corrêa da Silva

Resumo


Em uma coleção de genótipos, em geral, podem ocorrer diversos padrões de adaptabilidade ao ambiente, caracterizados por diferentes combinações de distintos níveis de rendimento médio e de sensibilidade de resposta em ambientes desfavoráveis e em ambientes favoráveis. O método de regressão linear segmentada (Silva & Barreto, 1985; Silva, 1995a, 1995b) permite identificar e discriminar esses distintos comportamentos de genótipos, através de inferências referentes aos parâmetros de um modelo linear. Este artigo apresenta uma extensão deste método para o agrupamento de genótipos segundo a similaridade das estimativas dos parâmetros de adaptabilidade do modelo linear segmentado. Esse método de agrupamento pode ser conveniente em situações em que seja desejada a caracterização e classificação dos genótipos segundo os distintos padrões de adaptabilidade ao ambiente. O método baseia-se em um índice de dissimilaridade provido pela estatística F para teste de homogeneidade de linhas de regressão. 0 método é ilustrado através de sua aplicação a dados de um experimento de comparação de cultivares de arroz de sequeiro.


Palavras-chave


interação genótipo x ambiente; agrupamento de cultivares; regressão linear segmentada; análise de agrupamento

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461