Análise de crescimento do fruto e das sementes de sete genótipos de Theobroma Cacao L.

Alex-Alan F. de Almeida, Raúl René Valle

Resumo


O crescimento do fruto e das sementes dos clones de cacau (Theobroma cacao L.) SIAL-169, SIAL-505, SIC-23, SIC-328, ICS-1, ICS-8 e o da cultivar Catongo foram estudados em condições de campo, no Centro de Pesquisas do Cacau - CEPEC -, Ilhéus, BA, a fim de se determinarem as variações nas taxas de acúmulo de matéria seca. Dez a quinze plantas adultas dos diversos genótipos foram polinizadas manualmente, com o objetivo de se manter uma carga média de 20 frutos por planta. Durante a ontogênese do fruto, amostragens foram realizadas a intervalos regulares, perfazendo um total de quatorze coletas nos 202 dias de duração do experimento. A primeira coleta foi realizada 35 dias após a polinização. Verificou-se, no final do período de desenvolvimento dos frutos, que os clones ICS-8 e ICS-1 apresentaram maiores acúmulos de matéria seca total e taxas de crescimento do fruto. Os clones SIC-23 e SIC-328 tiveram os menores valores desses parâmetros. Houve variações na amplitude e na altura de curva das taxas de acúmulo de matéria seca total do fruto e das sementes dos diversos genótipos. A altura e a amplitude máximas foram maiores no ICS-8 e no ICS-1 e menores no SIC-328. O maior incremento de matéria seca no fruto e nas sementes desses genótipos foi atribuído a uma taxa maior de acúmulo e a um período de enchimento mais prolongado.


Palavras-chave


cacau; matéria seca; clones; taxa de crescimento; frutos; sementes

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461