Análise Fitossociológica do Cerrado da Fazenda Marflora

José Imaña-Encinas, José Elias de Paula, Nilton Sugimoto

Resumo


Estudou-se a estrutura fitossociológica da área de vegetação natural do cerrado da Fazenda Marflora (Estado do Maranhão). Em três hectares, foram medidas 1.413 árvores com DAP acima de 5 cm, distribuídas em 41 espécies. Os valores fitossociológicos das áreas (hectares) A, B e C foram 2,9, 3,8 a 3,3, respectivamente. Pelos parâmetros posição fitossociológica e índice do valor de importância, as espécies Plathymenia reticulata Benth., Byrsonima crassifolia (L.) H.B.K., Ouratea spectabilis (Mart.) Engl. e Qualea parviflora Mart. foram consideradas as mais importantes sob o aspecto ecológico-silvicultural.


Palavras-chave


dasometria; silvicultura; posição fitossociológica; índice de valor de importância; análise estrutural

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461