Adubação foliar e desbaste em tangerineira (Citrus reticulata Blanco cv. Ponkan)

Rosaura Gazzola, Mauricio de Souza

Resumo


O presente trabalho foi realizado no pomar de citros da Escola Superior de Agricultura de Lavras (ESAL), em Minas Gerais, tendo como objetivo avaliar cinco intensidades de desbaste (10, 8, 5, 3 e 1 fruto/ramo) e quatro diferentes números de pulverização foliar (0, 4, 8 e 12 aplicações) com macro e micronutrientes quelatizados, na qualidade dos frutos da tangerineira Ponkan com sete anos enxertada sobre limoeiro Cravo. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 5x4, com cinco repetições. A parcela experimental foi constituída de um ramo com 10 frutos. A adubação foliar com adubo comercial contendo N, Mg, S, B, Mn e Zn foi aplicada a cada 12 dias. A condução do experimento foi de dezembro/89 a maio/90. O desbaste contribu-iu para incrementar o diâmetro longitudinal e o peso médio dos frutos. A interação dos fatores desbaste x pulverização afetou positivamente a relação sólidos solúveis/acidez total e esta foi máxima em um fruto/ramo.

Palavras-chave


macronutrientes; micronutrientes; qualidade

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461