Efeitos do fornecimento de mistura mineral completa e uréia sobre o aproveitamento de feno de grama-bermuda (Cynodon dactylon L. pers) cv "coast cross 1"

Marcus Antonio Zanetti, Laercio Mellotti, José Carlos Machado Nogueira Filho, Adelma Santana Leal Feitosa, Edson Valvasori

Resumo


 Foram utilizados 24 carneiros, castrados, em ensaio de digestibilidade e balanço de N, realizado no Departamento de Criação de Ruminantes e Alimentação Animal, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, no Campus de Pirassununga. O objetivo do trabalho foi verificar os possíveis efeitos da adição de uréia na mistura mineral, sobre a utilização dos nutrientes de feno de grama-bermuda. Os animais foram distribuídos em quatro tratamentos, obedecendo um esquema fatorial, com dois tipos de feno de grama-bermuda, suplementos ou não com uréia incorporada na mistura mineral completa. Os coeficientes médios de digestibilidade foram, para o grupo testemunha e para o grupo tratado, respectivamente, os seguintes: matéria seca, 49,8 e 47,8%; proteína, 57,6 e 63,7%; extrato etéreo, 36,2 e 33,9%; fibra bruta, 55,7 e 51,9%; extrativos não-nitrogenados, 53,0 e 47,3%. O testemunha apresentou balanço nitrogenado negativo de -21,3 g, e o tratado, de -26,3 g. Os carneiros que não receberam uréia, durante o período de 35 dias, perderam, por dia, 49,8 g de peso vivo, enquanto os que foram tratados com uréia incorporada ao sal mineral perderam apenas 1,1 g/dia.


Palavras-chave


digestibilidade; carneiros; balanço de nitrogênio

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461