Multiplicação In vitro de brotações de macieira cultivares marubakaido (Malus prunifolia, Willd, Borkh)

Márcia Wulff Schuch, José Antonio Peters

Resumo


Brotações de macieira, porta-enxerto Marubakaido (Malus prunifolia Willd, Borkh), também conhecido como Maruba, e cultivar Megumi (Malus domestica, Borkh), oriundas do cultivo de meristema, foram multiplicadas "in vitro" em seis diferentes meios de cultura, onde se utilizaram diferentes concentrações de benzilaminopurina (BAP) e a adição de ácido giberélico (AG3). O objetivo deste trabalho foi determinar o melhor meio de multiplicação para estas duas cultivares. Os parâmetros analisados foram o número de brotações formadas a partir de uma única brotação e o comprimento destas brotações. Os melhores resultados foram obtidos com 2,0 mg/l de BAP para o porta-enxerto Maruba e 3,5 mg/l para a cultivar copa Megumi. A taxa de multiplicação e o crescimento das brotações mostrou-se variável de acordo com o genótipo.


Palavras-chave


cultura de tecidos; micropropagação; maçã

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461