Análise do acaricida fembutatin óxido por spectrofotometria infravermelha

José Renato Piedade, Maria Fuentes Piedades

Resumo


O acaricida fembutatin óxido é usado no Brasil para combater o ácaro da falsa-ferrugem (Phyllocoptruta oleivora) em culturas de citros. Este acaricida é analisado por titulação em meio não-aquoso, cromatografia líquida e espectrofotometria infravermelha. O primeiro método não é específico, o segundo é muito oneroso, e o terceiro também não é específico porque utiliza a observação correspondente ao radical fenila, comum a fungicidas organoestânicos. Nesta pesquisa é estabelecido um novo método por espectrofotometria infravermelha, que oferece a especificidade desejada, uma vez que as absorções usadas correspondem ao radical propila e à ligação éter/óxido; ambos são típicos da molécula do fembutatin óxido.

Palavras-chave


determinação; espectroscopia; agrotóxico; ácaro

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461