Redes de similaridade para a classificação de genótipos de arroz quanto a sua adaptabilidade e estabilidade

Gabi Nunes Silva, Antônio Carlos da Silva Júnior, Isabela de Castro Sant’Anna, Cosme Damião Cruz, Moysés Nascimento, Plínio César Soares

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o método gráfico de rede de similaridade na classificação de genótipos de arroz (Orzya sativa) irrigado quanto a sua adaptabilidade e estabilidade. Duas medidas estatísticas foram utilizadas para representar a proximidade de comportamento (baseada na correlação de Pearson) ou de valores (baseada na distância de Gower) entre pares de genótipos ou entre genótipo e ambiente. Foram avaliados dados de produtividade de 18 genótipos de arroz irrigado em três locais de Minas Gerais, nas safras de 2012/2013, 2013/2014, 2014/2015 e 2015/2016, em delineamento em blocos ao acaso. Os genótipos foram previamente avaliados quanto à adaptabilidade e à estabilidade pelos métodos de Eberhart & Russell e centroide. As representações gráficas fornecidas pelas redes de similaridade facilitaram o reconhecimento do padrão de interação genótipo x ambiente, o que permitiu superar as dificuldades de interpretação devido à discordância entre os resultados obtidos com os métodos de Eberhart & Russell e centroide. As redes de similaridade facilitam os estudos de interação genótipo x ambiente.

Palavras-chave


Orzya sativa; arroz irrigado; interação genótipo x ambiente; análises gráficas; similaridade

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461