Índices de seleção no incremento simultâneo de componentes de produção dos híbridos topcross de milho verde

Willame dos Santos Candido, Caique Machado e Silva, Maraiza Lima Costa, Bruna Elaine de Almeida Silva, Beatriz Lima de Miranda, Jefferson Fernando Naves Pinto, Edésio Fialho dos Reis

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a estratégia seletiva mais adequada para o incremento simultâneo de componentes da produção de milho verde, pela comparação de três índices de seleção, ponderados por pesos econômicos, e pelo método REML/BLUP, na avaliação de ganhos genéticos previstos para os caracteres de interesse. Um ensaio com 75 híbridos topcross, de linhagens S1 parcialmente endogâmicas de milho-verde foi implementado em Jataí, GO, Brasil, tendo-se utilizado um delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. As seguintes características de produtividade foram avaliadas: espigas empalhadas e espigas comerciais, massa de grãos, comprimento de espiga, diâmetro de espiga e número de fileiras da espiga. Os índices de seleção de Smith e Hazel, Williams e de Mulamba & Mock foram aplicados e ponderados por quatro pesos econômicos (1, CVg, CVg/CVe e h²). Entre os índices de seleção testados, o de Williams e os de Mulamba & Mock são os melhores para a seleção de híbridos de milho verde, pois proporcionam ganhos de seleção positivos e mais equilibrados em todos os caracteres avaliados. O método REML/BLUP apresenta melhores ganhos genéticos preditos do que os obtidos pelos três índices de seleção estudados, além de ser eficiente para a seleção de híbridos topcross de milho verde.

Palavras-chave


Zea mays; pesos econômicos; modelos mistos; REML/BLUP

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461