Identificação de locais de teste para melhoramento de soja no Sul do Brasil

Gilvani Matei, Andrei Daniel Zdziarski, Leomar Guilherme Woyann, Rodrigo Zanella, Vinícius de Bitencourt Bez Batti, Giovani Benin

Resumo


O objetivo deste trabalho foi identificar locais-chave de teste em duas macrorregiões sojícolas no Brasil, para avaliação e seleção de linhagens de soja (Glycine max). Foram testadas 22 cultivares em 23 locais, nessas duas macrorregiões (MR1 e MR2), durante quatro anos, de 2012 a 2015. Os ensaios foram conduzidos em delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. Todas as análises foram realizadas com uso do programa GGEbiplot. As análises efeito principal de genótipo mais interação genótipo × local + efeito principal de genótipo mais interação genótipo × ambiente e efeito genotípico vs. efeito do genótipo x ambiente foram utilizadas para identificar locais de teste, isto é, locais com alta representatividade e consistência de resultados. Chapada, no Rio Grande do Sul, e Maracaju, no Mato Grosso do Sul, foram os principais locais em MR1 e MR2, respectivamente. Estes locais foram os mais representativos e consistentes ao longo dos anos, e o efeito genotípico explicou uma alta proporção da variância fenotípica.

Palavras-chave


Glycine max; GGL + GGE; macrorregião sojícola; locais de teste

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461