Parâmetros fisiológicos de feijão-caupi tratado com filme de partícula de CaO e submetido à restrição hídrica

Luiz Fernando Ganassali de Oliveira Júnior, Patrícia Lima de Souza Santos, Roberta Samara Nunes de Lima, Maria Priscilla Celestino Silveira, Jailson Lara Fagundes, Marcelo Augusto Gutierrez Carnelossi, Fabrício de Oliveira Reis

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do filme de partícula à base de CaO sobre os parâmetros fisiológicos do feijão-caupi (Vigna unguiculata) submetido à restrição hídrica. As plantas foram submetidas a dois níveis de umidade do solo e a três concentrações do filme, conforme a seguir: controle, sem aplicação do filme + 100% da evapotranspiração da cultura (ETc); sem filme + 50% da ETc; 5% de CaO + 50% da ETc; 10% de CaO + 50% da ETc; 5% de CaO + 100% da ETc; e 10% de CaO + 100% da ETc. As plantas tratadas a 50% da ETc mantiveram-se estáveis com a aplicação de 10% do filme de partícula à base de CaO e apresentaram alta assimilação fotossintética de CO2 (32 μmol m-2 s-1), transpiração moderada (5,6 mmol m-2 s-1), manutenção dos teores de clorofila, e maior eficiência intrínseca do uso da água (EIUA, 226,65 µmol mol-1) e eficiência instantânea do uso da água (EUA, 6,06 µmol mmol-1) do que as plantas dos outros tratamentos. As plantas-controle e as plantas tratadas a 5% de CaO + 50% da ETc apresentaram, respectivamente, assimilação fotossintética de CO2 a 15,34 e 15,94 μmol m-2 s-1, transpiração a 3,51 e 3,45 mmolm-2 s-1, e EIUA a 177,7 e 198,9 µmol mol-1. O filme de partícula à base de CaO é eficaz na proteção de plantas de feijão-caupi submetidas à restrição hídrica.

Palavras-chave


Vigna unguiculata; cálcio; trocas gasosas; deficiência hídrica

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461