Frações de fósforo em solo cultivado com vinhedos após 62 anos de adição de cama-de-aves

Djalma Eugênio Schmitt, Luciano Colpo Gatiboni, Joice Crescêncio Heidemann, Daniel João Dall’Orsoletta, Gustavo Boitt, Gustavo Brunetto

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar as modificações de frações de fósforo em um Cambissolo Húmico cultivado com vinhedos, após 62 anos de fertilização adicional com cama-de-aves. Amostras de solo foram coletadas de dois vinhedos (V1 e V2) e de uma área de floresta (F) adjacente a eles. Foram aplicados 1.362 e 910 kg ha-1 de P ao V1 e ao V2, respectivamente, durante os últimos 62 anos de cultivo. Amostras de solo foram coletadas a 0–10, 10–20, 20–30 e 30–40 cm de profundidade, para análises das propriedades físico-químicas do solo. A adição de cama-de-aves ao solo dos vinhedos aumentou os teores de P inorgânico (Pi) em todas as frações, exceto na fração residual, principalmente à profundidade de 0–10 cm, em comparação à área de floresta. A adição de cama-de-aves como fertilizante não afeta os estoques de P orgânico (Po) do Cambissolo Húmico, apenas aumenta os teores de Pi do solo.

Palavras-chave


Vitis labrusca; fracionamento químico de P; videira; fósforo orgânico; resíduo orgânico

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461