Resposta do cafeeiro arábica a doses de ureia revestida e convencional em solo arenoso

Jorge Luiz Abranches, Rogério Peres Soratto, Marcos José Perdoná, Renan José Parecido

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento, o índice relativo de clorofila e o teor de N nas folhas, e a produtividade de grãos do cafeeiro arábica (Coffea arabica) adubado com doses de N nas formas de ureia revestida e convencional, em solo arenoso em condição de sequeiro. O experimento foi realizado por três anos agrícolas, com o café 'Mundo Novo IAC 388-17-1', em delineamento de blocos ao acaso, em arranjo fatorial 3×2+1, com três tratamentos com 150, 300, 600 kg ha-1 de N, como ureia revestida e convencional, e um controle sem aplicação de N, com seis repetições. A adubação nitrogenada aumentou o diâmetro do caule, a altura de planta, os teores de N e o índice relativo de clorofila nas folhas, assim como a produtividade de grãos. Nos três anos agrícolas, a maior dose de N proporcionou a maior produtividade de grãos. A ureia revestida não apresenta vantagem, em comparação à ureia convencional, quanto ao fornecimento de N para a cultura do café arábica, em solo arenoso em condições de sequeiro.

Palavras-chave


Coffea arabica; produtividade de grãos; nutrição mineral; nitrogênio; liberação lenta

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461