Desempenho produtivo e características quantitativas da carcaça de cordeiros alimentados com silagem de sorgo sacarino

Débora Maurício Manarelli, Marco Antonio Previdelli Orrico Junior, Marciana Retore, Fernando Miranda de Vargas Junior, Mabio Silvan José da Silva, Ana Carolina Amorim Orrico, Rusbel Raul Aspilcueta Borquis, Carla Crone, Franciely de Oliveira Neves

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo e as características da carcaça de cordeiros alimentados com silagens de diferentes tipos de sorgo e milho. Foram utilizados 32 cordeiros machos, da raça Suffolk. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos (silagens) e oito repetições (animais). Foram testadas silagens de sorgo forrageiro GrandSilo, sorgo sacarino BRS 506, sorgo sacarino BRS 511 e milho híbrido duplo BRS 2223. Os cordeiros alimentados com silagens de sorgo apresentaram menor consumo diário de matéria seca que os alimentados com silagem de milho. A dieta contendo silagem de milho proporcionou ganho de peso 27% superior ao dos tratamentos com as demais silagens. A digestibilidade in vivo não diferiu entre as diferentes silagens. Os cordeiros alimentados com silagem de milho apresentaram os menores rendimentos de carcaça quente e fria, de 44,71 e 42,62%, respectivamente, enquanto os que consumiram silagem de sorgo BRS 506 apresentaram os maiores rendimentos de carcaça quente e fria, de 46,90 e 44,78%. O maior consumo e o melhor desempenho dos animais alimentados com silagem de milho não foi suficiente para incrementar a produção e o rendimento de carcaça. Os cordeiros alimentados com silagem de sorgo sacarino BRS 506 apresentam maior eficiência de conversão da silagem em carcaça.

Palavras-chave


Sorghum bicolor; BRS 506; BRS 511; rendimento de carcaça; consumo; volumosos

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461