Características fenológicas, físico-químicas e produtivas da uva 'Vênus' em porta-enxertos

Marco Antonio Tecchio, Marlon Jocimar Rodrigues da Silva, Ana Paula Maia Paiva, Mara Fernandes Moura, Maurilo Monteiro Terra, Erasmo José Paioli Pires, Sarita Leonel

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar as características fenológicas e a produção da videira 'Vênus' (Vitis labrusca) sobre diferentes porta-enxertos, assim como as características físico-químicas da uva, durante as safras de 2013, 2014 e 2015. Avaliaram-se os porta-enxertos 'IAC 766', 'IAC 572', 'IAC 313' e 'IAC 571-6'. A duração dos principais estádios fenológicos da videira e suas exigências térmicas foram avaliadas em dois ciclos de produção e expressas em dias após a poda e acúmulo de graus-dia, respectivamente. As características produtivas das videiras e as físico-químicas das uvas foram avaliadas durante três ciclos. O ciclo fenológico e as exigências térmicas da videira 'Vênus', bem como as características químicas de suas uvas, variaram com as condições climáticas durante as safras. As baixas temperaturas proporcionaram aumento do ciclo da videira, e os maiores índices pluviais acarretaram a redução do teor de sólidos solúveis e o aumento da acidez titulável das uvas. Os porta-enxertos 'IAC 766' e 'IAC 571-6' promovem maior precocidade na videira 'Vênus', e 'IAC 572' proporciona maior produção das videiras e melhores características físico-químicas das uvas 'Vênus'.

Palavras-chave


Vitis labrusca; graus-dia; uvas híbridas; estádios fenológicos; necessidade térmica

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461