Atributos físico-químicos e propriedades funcionais de flores de genótipos brasileiros de goiabeira-serrana

Cassandro Vidal Talamini do Amarante, Alexandra Goede de Souza, Thalita Dal Toé Benincá, Cristiano André Steffens, Marlise Nara Ciotta

Resumo


O objetivo deste trabalho foi caracterizar flores inteiras dos genótipos de goiabeira-serrana (Acca sellowiana) 'Alcântara', 'Helena', 'Mattos', 'Nonante' e o acesso 2316 quanto à matéria seca, à atividade antioxidante total (AAT), e aos teores de sólidos solúveis, ácido ascórbico, antocianinas totais, flavonoides totais e compostos fenólicos totais (CFT), assim como as áreas e as cores das pétalas. A AAT foi quantificada por meio dos métodos ABTS e DPPH. As flores do acesso 2316 e das cultivares Alcântara e Helena apresentaram os maiores teores de antocianinas e flavonoides, bem como os maiores valores de CFT e AAT. Os genótipos de goiabeira-serrana cultivados no Sul do Brasil apresentam alto teor de sólidos solúveis e representam uma fonte natural de antioxidantes.

Palavras-chave


Acca sellowiana; antocianinas; ácido ascórbico; flavonoides; sólidos solúveis; atividade antioxidante total; compostos fenólicos totais

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461