Estimativa multivariada da herdabilidade para características de qualidade de tomates por meio da análise de fatores múltiplos

Ana Paula Del Medico, Victoria Guadalupe Cabodevila, María Susana Vitelleschi, Guillermo Raúl Pratta

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar uma abordagem de análise de fator múltiplo para estimar a herdabilidade de características de qualidade em tomates (Solanum lycopersicum), tendo como referência os valores de herdabilidade obtidos por meio do método clássico de regressão parental descendente. Foi avaliado um total de 18 famílias de tomate F3 originadas do autocruzamento de 18 indivíduos de um híbrido de segundo ciclo. Em ambas as gerações, foram avaliadas dez características quantitativas relacionadas à qualidade da fruta. A análise de fator múltiplo mostrou que algumas das características avaliadas apresentaram desempenho diferente e outras semelhante entre as gerações. A herdabilidade é baixa ou nula para algumas characterísticas, como vida útil e percentagem de refletância, e alta para outras, como peso e forma. Essa análise também permite o estudo da conexão global entre ambas as gerações por meio do coeficiente RV (F3, F2), que mede a correlação entre duas configurações de matriz. O RV foi 0,503 e pode estar associado à herdabilidade geral de todos os dados. A análise de fatores múltiplos é uma técnica multivariada válida para avaliar a herdabilidade de características de qualidade em tomates.

Palavras-chave


Solanum lycopersicum; análise de fatores múltiplos; características quantitativas

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461