Resposta reprodutiva de ovelhas Pelibuey à aplicação de somatotropina bovina recombinante e de um reconstituinte metabólico

Silvia Fraire-Cordero, Paulino Pérez Rodríguez, Ponciano Pérez-Hernández, César Cortez-Romero, Jaime Gallegos-Sánchez

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da somatotropina bovina recombinante (rBST) e do reconstituinte metabólico Metabolase (MR) no reestabelecimento da atividade ovariana pós-parto de ovelhas Pelibuey. Noventa e quatro ovelhas, com seus respectivos cordeiros, foram distribuídas ao acaso a um dos seguintes tratamentos: T1, amamentação continua (AC); T2, AC + MR; T3, AC + rBST; e T4, AC + MR + rBST. Foram avaliados percentagem de ovulação, alterações de peso em ovelhas e carneiros, incidência do estro, início e retorno ao estro, parição, fecundidade e prolificidade. As maiores percentagens de ovulação foram registradas para AC em T1 e T2, e as menores para rBST em T3 e T4. Os tratamentos tiveram efeito significativo sobre peso dos cordeiros. As ovelhas em T3 apresentaram menor incidência de estro (52,9%), além de maior início (26,8±1,9 horas) e retorno ao estro (66,6%). A parição (86,2%) e a fecundidade (1,8±0,2) foram significativamente maiores em T2. A aplicação da rBST nas ovelhas incrementa o peso corporal dos cordeiros, em razão do aumento na produção de leite, mas afeta negativamente a atividade reprodutiva pós-parto, em razão da perda de peso corporal das ovelhas.


Palavras-chave


Ovis aries; anestro; peso corporal; indução de estro; hormônio de crescimento; atividade reprodutiva pós-parto

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461