Estimativas de parâmetros genéticos e análise de agrupamento para resistência e resiliência à verminose em ovinos de corte Santa Inês

Elisa Junqueira Oliveira, Rodrigo Pelicioni Savegnago, Luara Afonso de Freitas, Anielly Paula Freitas, Suellen Rodrigues Maia, Flávia Fernanda Simili, Lenira El Faro, Ricardo Lopes Dias da Costa, Mário Luiz Santana Júnior, Claudia Cristina Paro de Paz

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros genéticos para características relacionadas à resistência a endoparasitas em ovinos Santa Inês, para uma possível inclusão em programas de melhoramento genético de ovinos, bem como avaliar o padrão genético aditivo dos animais por meio de análises de agrupamento dos valores genéticos, para verificar se há subgrupos dentro da população que possam ser utilizados como candidatos à seleção para resistência a endoparasitas. As características estudadas foram: score Famacha, contagem de ovos fecais (FEC), volume globular (PCV), proteína plasmática total (TPP), escore de condição corporal (BCS) e peso corporal (BW). As estimativas de herdabilidade variaram de 0,17 (0,05) para TPP a 0,31 (0,07) para BCS. As análises de agrupamento com base nos valores genéticos identificaram quatro grupos. Famacha e BCS podem ser recomendados como critérios de seleção de resistência a endoparasitas hematófagos, uma vez que podem responder à seleção e são facilmente medidos. Os animais do grupo 1 apresentam grande potencial como candidatos para seleção em razão do seu padrão genético aditivo, ao se levar em consideração peso corporal e resistência ao endoparasita devido aos maiores valores genéticos para BW, BCS, PCV e TPP e aos menores valores genéticos para Famacha e FEC.


Palavras-chave


análise de agrupamento; Famacha; correlação genética; herdabilidade; k-means; análise multivariada

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461