Seleção simultânea de feijões de tipo carioca e preto quanto à produtividade, estabilidade e adaptabilidade

Paulo Ricardo dos Santos, Kleyton Danilo da Silva Costa, Maxwel Rodrigues Nascimento, Thalyson Vasconcelos Lima, Yure Pequeno de Souza, Antonio Félix da Costa, José Wilson da Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a eficiência da seleção simultânea quanto à produtividade, à estabilidade e à adaptabilidade, em genótipos de feijão dos grupos carioca e preto. Na safra 2016, dois experimentos foram realizados no Estado de Pernambuco: um do grupo carioca, com 20 genótipos, em Caruaru, Arcoverde e Belém de São Francisco; e outro do grupo preto, com 12 genótipos, em Caruaru e Arcoverde. Os parâmetros foram estimados por modelos mistos, e a seleção foi realizada pelo método da média harmônica do desempenho relativo dos valores genéticos, tendo-se adotado três estratégias: seleção com base no valor genético predito, sem interação; seleção com base no valor genético predito, tendo-se considerado cada local; e seleção simultânea quanto à produtividade, à estabilidade e à adaptabilidade de grãos. Os ambientes influenciaram a expressão fenotípica dos genótipos de feijão carioca, o que indica adaptação específica. A herdabilidade média quanto à produtividade de grãos apresentou valores de elevada magnitude para os genótipos de feijão preto, o que é condição favorável à seleção, e valores baixos para os de feijão carioca. Os genótipos de feijão preto CNFP 15684, 'BRS Esteio', CNFP 15678, CNFP 15697, CNFP 15695 e 'IPR Uirapuru' apresentam os melhores desempenhos nos ambientes testados, ao se considerarem simultaneamente o rendimento de produtividade de grãos, a adaptabilidade e a estabilidade.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; interação genótipo x ambiente; herdabilidade; modelos mistos REML/Blup

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-1813