Revolvimento ocasional do solo, calagem e adubação nitrogenada sobre sistema plantio direto de longa duração

Renato Yagi

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos residuais do revolvimento ocasional do solo, em sistema plantio direto com 17 anos, associado a métodos de calagem e à adubação nitrogenada, sobre a produtividade das culturas e os atributos químicos de um Latossolo Vermelho distroférrico típico muito argiloso, no Sul do Brasil. Utilizou-se um delineamento de blocos ao acaso em parcelas subsubdivididas, com dois manejos de solo (com ou sem revolvimento do solo), dois tratamentos com calagem (com ou sem a dose necessária para elevar a saturação por bases a 70%), cinco doses de N em cobertura (0, 1, 2, 4 e 6 vezes as quantidades recomendadas) e quatro repetições. Utilizou-se um sistema de rotação de milho e soja, no verão, e de trigo e aveia-preta, no inverno. Os efeitos residuais do revolvimento ocasional do solo em sistema plantio direto consolidado não suplantam os da calagem na superfície do solo, em períodos de deficit hídrico, o que subsidia a recomendação para manutenção do sistema consolidado. A adubação nitrogenada excessiva no plantio direto, com calagem aplicada apenas na superfície do solo, pode prejudicar o rendimento do trigo, com acidificação da camada superficial e lixiviação de Mg2+ para as camadas subsuperficiais do solo. Sem calagem, a acidificação do solo é mais intensa com a adubação nitrogenada, o que, no entanto, favorece o acúmulo de matéria orgânica na camada superficial do solo, em um sistema plantio direto consolidado.


Palavras-chave


plantio direto consolidado; acidez do solo; manejo do solo; matéria orgânica do solo; calagem superficial; deficit hídrico

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461