Viabilidade da inoculação líquida com Rhizobium etli no sulco de semeadura do feijoeiro-comum

Dâmiany Pádua Oliveira, Bruno Lima Soares, Fábio Aurélio Dias Martins, Leandro Alex Franceschini, Bruno Ewerton da Silveira Cardillo, Márcia Rufini, Augusto Ramalho de Morais, Fatima Maria de Souza Moreira, Messias José Bastos de Andrade

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade da inoculação líquida de Rhizobium etli no sulco de semeadura e certificar a eficiência da estirpe UFLA 02-100 como inoculante potencial para o feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris). Os tratamentos consistiram de três doses do inoculante líquido aplicadas aos sulcos e uma dose aplicada às sementes de feijão-comum, além de dois controles sem inoculação. O inoculante continha 10células de Rhizobium etli mL-1. Independentemente do método de aplicação, a produtividade obtida com a inoculação foi equivalente à da aplicação de N da ureia, mas a aplicação ao sulco, com 0,6 L ha-1, é mais vantajosa pela praticidade operacional e redução de custos. 


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; fixação biológica de N2; biotecnologia

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-1813