Consumo e digestibilidade em ovinos alimentados com dietas contendo resíduos da bananicultura

Tânia Dayana do Carmo, Paula Miranda Barbosa, Luciana Castro Geraseev, Diego Santana Costa, Geziana Moreira Seles, Eduardo Robson Duarte

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da inclusão de feno de folha ou pseudocaule de banana em dietas completas sobre a ingestão, a digestibilidade de nutrientes e a produção ruminal de ácidos graxos de cadeia curta em cordeiros. Foram utilizados 30 cordeiros Santa Inês x Dorper, alocados em cinco tratamentos: 400 g kg-1 de feno de Cynodon spp.; 200 g kg-1 de feno de folha de bananeira + 200 g kg-1 de feno de Cynodon spp.; 400 g kg-1 de feno de folha de bananeira; e 200 g kg-1 de feno de pseudocaule de banana + 200 g kg-1 de feno de Cynodon spp. e 400 g kg-1 de feno de pseudocaule de banana. A inclusão de resíduos culturais de banana não teve efeito sobre consumo de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta, fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido, carboidratos não fibrosos e carboidratos totais, cujas médias foram de 1.086,8, 1.000,1, 182,7, 374,3, 194,7, 390,2 e 771,6 g por dia, respectivamente. Houve redução na digestibilidade da FDN com a inclusão de 400 g kg-1 de feno de folhas, mas não foram observadas diferenças nos outros tratamentos. A adição de feno de folha e de pseudocaule de banana pode substituir o feno de Cynodon spp. sem alterar a ingestão, a digestibilidade de nutrientes e a concentração ruminal de ácidos graxos de cadeia curta.

Palavras-chave


Musa; coproduto; feno; valor nutricional; ácidos graxos voláteis

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461