Composição química de cladódios de palma forrageira sob diferentes manejos de adubação e colheita

Gil Mario Ferreira Gomes, Magno José Duarte Cândido, Marcos Neves Lopes, Theyson Duarte Maranhão, Dhones Rodrigues de Andrade, Jander Fabrício Martins Costa, Walisson Marques Silveira, José Neuman Miranda Neiva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da adubação combinada de nitrogênio e fósforo, e da frequência de colheita sobre a composição química de cladódios de palma forrageira 'Gigante' (Opuntia ficus-indica). O experimento foi realizado em dois municípios cearenses, Quixadá e Tejuçuoca. A adubação com nitrogênio (ureia) e fósforo (superfosfato simples) foi realizada em nove doses, respectivamente: 10 e 70, 70 e 10, 70 e 70, 70 e 130, 100 e 100, 130 e 70, 130 e 130, 130 e 190, e 190 e 130 kg ha-1 por ano, além de 100 kg ha-1 de N e P2O5 por ano como controle. As frequências de colheita avaliadas foram anual e bianual. Adotou-se o delineamento de blocos ao acaso, em arranjo de parcelas subdivididas, com quatro repetições. O efeito da adubação sobre os teores de matéria seca total, proteína bruta, fibra em detergente neutro, matéria orgânica e carboidratos totais dos cladódios varia com a frequência de colheita e com o local. Quanto aos períodos de colheita, foram observados maiores teores de matéria orgânica, carboidratos totais e fibra em detergente neutro, mas menores teores de proteína bruta para a colheita bianual, nos dois municípios. A colheita anual melhora a qualidade nutritiva de cladódios primários e secundários em Quixadá e de cladódios secundários e terciários em Tejuçuoca.

Palavras-chave


Opuntia ficus-indica; frequência de colheita; nitrogênio; fósforo

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-1813