Extrato metanólico de Urochloa humidicola na fermentação ruminal in vitro

Rafaela Scalise Xavier de Freitas, Delci de Deus Nepomuceno, Elisa Cristina Modesto, Tatiana Pires Pereira, João Carlos de Carvalho Almeida, Leonardo Fiusa Morais, Luiz Gustavo Ribeiro Pereira, Fernanda Samarini Machado, Mariana Magalhaes Campos, Thierry Ribeiro Tomich

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da adição de extrato metanólico de Urochloa humidicola em quatro diferentes concentrações (0, 75, 150 e 250 g L-1) sobre a fermentação ruminal in vitro de Urochloa brizantha. As seguintes variáveis foram avaliadas pela técnica de produção de gás in vitro: parâmetros cinéticos; degradação ruminal da matéria seca; e produção e concentração dos gases metano e dióxido de carbono e dos ácidos graxos de cadeia curta acetato, propionato e butirato. A inclusão do extrato metanólico reduz a produção de gases oriundos da degradação dos carboidratos não fibrosos (fração A) em 9,55, 6,67 e 13,33%, respectivamente, às concentrações de 75, 150 e 250 g L-1, em comparação ao grupo controle, mas influencia negativamente a degradação da matéria seca de U. brizantha às concentrações de 150 e 250 g L-1. O extrato apresenta efeito quadrático negativo na produção de gás durante 12 e 24 horas de incubação de U. brizantha. O extrato de U. humidicola reduz a produção de metano e aumenta a produção de ácidos graxos de cadeia curta às concentrações de 75, 150, e 250 g L-1.


Palavras-chave


Urochloa humidicola; mitigação de metano; metabolismo ruminal; metabólitos secundários de plantas

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-1813