Métodos de adaptabilidade e estabilidade aplicados ao melhoramento de eucalipto

Osmarino Pires dos Santos, Ivan Ricardo Carvalho, Maicon Nardino, Tiago Olivoto, Alan Junior de Pelegrin, Vinícius Jardel Szareski, Mauricio Ferrari, Andrei Caíque Pires Nunes, Gustavo Henrique Demari, Francine Lautenchleger, Velci Queiróz de Souza, Luciano Carlos da Maia

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a consistência dos métodos de Annicchiarico, Lin & Binns, Wricke e de análise fatorial na identificação de clones de eucalipto com estabilidade, adaptabilidade e alto potencial produtivo. Foram utilizados 84 clones, com três anos de idade, provenientes do programa de melhoramento genético da empresa CMPC Celulose Riograndense. Três experimentos de campo foram realizados em delineamento de blocos ao acaso, em arranjo fatorial 84x3, com 20 repetições de uma planta por parcela. Os clones foram avaliados quanto a diâmetro à altura do peito, altura da planta e volume de madeira. Os métodos de Annicchiarico e Lin & Binns são altamente correlacionados entre si, e seu uso em conjunto com o método de Wricke é uma estratégia apropriada para avaliação de clones de eucalipto. A análise fatorial identificou clones amplamente adaptáveis, e alguns deles foram os mesmos identificados pelos métodos de Annicchiarico e Lin & Binns. O uso da classificação média dos clones, juntamente com a análise fatorial, é eficiente para identificar os mais adaptados, estáveis e produtivos, entre um elevado número de genótipos.


Palavras-chave


Eucalyptus; ranque médio; planejamento experimental; análise de fatores; seleção

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461