Formato de cápsula e modo de instalação influenciando determinações do potencial mátrico por tensiômetros

Hélio Henrique Soares Franco, Alvaro Pires da Silva, Cássio Antonio Tormena, Camila Jorge Bernabé Ferreira, Márcio Renato Nunes, Renato Paiva de Lima, Paulo Leonel Libardi

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a acurácia em medidas do potencial mátrico da água no solo (ψm) por tensiômetros de punção com cápsulas arredondadas ou pontiagudas, instalados com ou sem “lama de solo”, e comparar o desempenho destes tensiômetros com o de tensiômetros com manômetros de mercúrio. O experimento foi conduzido em Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico, em delineamento experimental de blocos ao acaso, em arranjo fatorial, com cinco repetições. Tensiômetros de punção com cápsulas arredondadas, instalados com “lama de solo”, apresentam maior acurácia nas determinações do ψm em uma faixa mais ampla de medidas, assemelhando-se aos tensiômetros com manômetros de mercúrio com o secamento do solo.


Palavras-chave


tensiômetros de punção; cápsula arredondada; lama de solo

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168