Dinâmica evolutiva de Cucurbita argyosperma do centro mesoamericano de domesticação por meio de marcadores moleculares SSR

Daniela Priori, Daniel Zizumbo Villarreal, Victor Manuel de Jesús Canché Ek, Verónica Limones Briones, Rosa Lía Barbieri

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica evolutiva do pool genético silvestre-arvense-doméstico da abóbora (Cucurbita argyrosperma) ao estimar os níveis de diversidade genética e o fluxo gênico em sua provável área domesticação. Foram coletadas nove populações, tendo-se extraído o DNA de folhas jovens de cerca de 20 plantas de cada população. Os fragmentos de DNA foram amplificados por meio de oito pares de iniciadores de sequência simples repetida (SSR) e separados por eletroforese em 5% de gel de desnaturação de poliacrilamida. Estimaram-se a diversidade genética e o fluxo gênico para as populações, e utilizou-se o agrupamento bayesiano para determinar os níveis de infiltração gênica e probabilidade de ancestralidade. A investigação etnobotânica mostrou que a dinâmica evolutiva na área ocorreu em cinco cenários ecológicos diferentes. Foram identificados 87 alelos com 75 e 100% de loci polimórficos. A maior diversidade genética nas populações arvense-domésticas pode ter sido resultante da recombinação devido ao alto fluxo gênico entre estas populações, ocasionado pelos polinizadores e pela seleção humana. Há grande fluxo gênico entre as populações silvestres e cultivadas de C. argyrosperma no centro de domesticação, o que indica a importância da conservação e da manutenção destes recursos genéticos.


Palavras-chave


Cucurbitaceae; diversidade genética; marcadores microssatélites; recursos fitogenéticos; abóbora

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-1813