Reação de genótipos de alface ao Lettuce mosaic virus-Most (LMV-Most) e caracterização do fator de tradução eIF4E

Mônika Fecury Moura, Norberto da Silva, Maria Isabel Motta Hoffmann, Marcelo Agenor Pavan, Renate Krause-Sakate

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de alface quanto à reação ao Lettuce mosaic virus (LMV; Most-type, isolado AF-199) e variações no fator eucariótico de tradução eIF4E. Todos os genótipos inoculados foram suscetíveis ao LMV, que foi detectado por RT-PCR com primers específicos. Porém, os acessos 169501, 169501C, 172918A e 162499, apresentaram sintomas tardios e somente nas folhas inoculadas. O sequenciamento da porção codificadora para eIF4E mostrou que estes genótipos apresentam padrão eIF4E0 (mol0), típico para suscetibilidade ao LMV, o que indica que o fenótipo encontrado não está correlacionado com as variações de nucleotídeos neste fator de tradução.


Palavras-chave


eIF4E; potyvirus; resistência

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461