Análise genética de características produtivas e reprodutivas em populações multirraciais de bovinos leiteiros

Virginia Mara Pereira Ribeiro, Fernanda Albuquerque Merlo, Gabriela Canabrava Gouveia, Larissa Kretli Winkelstroter, Luiza Rodrigues Alves Abreu, Marcos Vinicius Gualberto Barbosa da Silva, João Cláudio do Carmo Panetto, Leandro de Carvalho Paiva, Marcello de Aguiar Rodrigues Cembranelli, Fabio Luiz Buranelo Toral

Resumo


O objetivo deste trabalho foi verificar se o modelo de regressão aleatória com polinômios lineares do tipo spline (MRAPLS) é adequado para estimar os parâmetros genéticos de características produtivas e reprodutivas em uma população multirracial de bovinos leiteiros, bem como investigar o efeito do grupo genético da progênie sobre o mérito genético do touro. Foram utilizados o modelo multicaracterístico (Mult) e o MRAPLS com nós ajustados aos grupos genéticos, para obtenção dos parâmetros genéticos. Foram considerados os registros de vacas 1/2 Holandesa + 1/2 Gir (1/2HG), 5/8 Holandesa + 3/8 Gir (5/8HG) e 3/4 Holandesa + 1/4 Gir (3/4HG). O MRAPLS apresentou os melhores ajustes. As variâncias aditivas e residuais estimadas por Mult e MRAPLS foram semelhantes. As herdabilidades variaram de 0,20 a 0,33 para idade ao primeiro parto, de 0,09 a 0,22 para duração da primeira lactação e de 0,15 a 0,35 para produção de leite em até 305 dias na primeira lactação, de acordo com a composição genética das vacas. O MRAPLS é adequado para estimar parâmetros genéticos de características produtivas e reprodutivas em populações multirraciais de bovinos leiteiros. O mérito genético do touro é influenciado pelo grupo genético da progênie por meio do qual ele é avaliado.


Palavras-chave


Gir; herdabilidade; heterose; Holandesa; seleção

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168