Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de feijoeiro‑comum em sistema de agricultura familiar

Patricia Guimarães Santos Melo, Renata Cristina Alvares, Helton Santos Pereira, Antônio Joaquim Braga Pereira Braz, Luis Claudio Faria, Leonardo Cunha Melo

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a interação de genótipos com ambientes para produtividade de grãos de linhagens e cultivares de feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris) com potencial de uso em sistema de agricultura familiar. Foram analisados os dados dos ensaios de valor de cultivo e uso conduzidos em 20 ambientes do Estado de Goiás, em dois ciclos (2007/2008 e 2009/2010), nas safras da seca, das águas e de inverno. Cada ensaio foi constituído por 15 genótipos de feijoeiro-comum dos grupos comerciais carioca, roxo e rosinha. Utilizou-se o delineamento em blocos completos ao acaso com três repetições. As metodologias utilizadas para o estudo de estabilidade e adaptabilidade foram a de Lin & Binns, a de Cruz, o modelo de efeitos aditivos principais com interação multiplicativa (AMMI) para cálculo da média ponderada de escores absolutos e produtividade (MPEAP), e a análise gráfica GGE biplot. O desempenho produtivo das linhagens e das cultivares de feijoeiro-comum é influenciado pela interação de genótipos com ambientes. As metodologias empregadas permitem selecionar cultivares para cultivo, e cultivares e linhagens como genitores com o objetivo de obter populações segregantes para seleção em sistema de agricultura familiar.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; AMMI; cultivares; interação genótipo x ambiente; análise GGE biplot; valor de cultivo e uso

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-1813