Atributos físico-hídricos do solo sob café conilon orgânico consorciado com espécies arbóreas e frutíferas

Gustavo Soares de Souza, Danielle Inácio Alves, Maurício Lima Dan, Julião Soares de Souza Lima, Abner Luiz Castelão Campos da Fonseca, João Batista Silva Araújo, Lorena Abdalla de Oliveira Prata Guimarães

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do cultivo de cafeeiro conilon (Coffea canephora) orgânico consorciado com espécies arbóreas e frutíferas sobre os atributos físico-hídricos do solo. Os manejos do cafeeiro conilon, no sistema orgânico, foram: T1, monocultivo a pleno sol; T2, T3, T4 e T5, consórcios com pupunha (Bactris gasipae), gliricídia (Gliricidia sepium), banana (Musa sp.) e ingá (Inga edulis), respectivamente; e T6, uma área de mata nativa secundária utilizada como controle. Os atributos físico-hídricos do solo avaliados foram: densidade, porosidade, capacidade de água disponível para as plantas, resistência à penetração, conteúdo de água, temperatura e intervalo hídrico ótimo do solo. Os consórcios de café conilon com pupunha e gliricídia resultaram em menores densidade do solo e resistência à penetração, e em maiores valores de porosidade total, microporosidade e conteúdo de água no solo. Cafezais orgânicos sombreados com pupunha e gliricídia melhoram a qualidade físico-hídrica do solo, em comparação ao solo com monocultivo a pleno sol e ao solo de mata secundária.

Palavras-chave


Bactris gasipae; Coffea canephora; Gliricidia sepium; vulnerabilidade climática; árvores para sombreamento; café sombreado

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168