Parâmetros qualitativos da silagem de milheto amonizada com ureia, a diferentes densidades de compactação

Poliane Meire Dias Freitas, Gleidson Giordano Pinto de Carvalho, Edson Mauro Santos, Gherman Garcia Leal Araújo, Juliana Silva de Oliveira, Aureliano José Vieira Pires, Camila Maida de Albuquerque Maranhão, Thomaz Cyro Guimarães de Carvalho Rodrigues, Luís Fernando Batista Pinto Pinto

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a amonização com ureia em silagens de milheto com diferentes densidades de compactação, quanto aos seus efeitos sobre a composição químico-bromatológica, as perdas no processo de ensilagem, o perfil fermentativo, a contagem de populações microbianas e a estabilidade aeróbia. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2×4, com duas densidades de compactação (600 e 800 kg m-3) e quatro níveis de ureia (0, 2, 4 e 6% com base na matéria seca), com cinco repetições. Na avaliação da estabilidade aeróbia, utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2×4, com dois tempos (0 e 72 horas) e quatro níveis de ureia (0, 2, 4 e 6%, com base na matéria seca), com cinco repetições. Os níveis de ureia interagiram significativamente com a densidade, quanto aos teores de matéria orgânica, proteína bruta, proteína insolúvel em detergente neutro e quanto à recuperação de matéria seca; e com o tempo de exposição, quanto aos teores de fibra em detergente ácido e de lignina. Não se observaram mofos e leveduras nas silagens amonizadas. A densidade de compactação de 800 kg m-3 reduziu as perdas no processo de ensilagem do milheto e proporcionou silagem de maior valor nutritivo do que a compactação a 600 kg m-3. O uso de ureia não reduz as perdas e não melhora a estabilidade aeróbia das silagens; no entanto, controla o crescimento de mofos após a exposição da silagem ao ar.


Palavras-chave


Pennisetum glaucum; ADR500; amonização; perdas por fermentação; populações microbianas

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168