Desempenho agronômico de cultivares modernas de soja em ensaios multiambientes

Gilvani Matei, Giovani Benin, Leomar Guilherme Woyann, Samuel Cristian Dalló, Anderson Simionato Milioli, Andrei Daniel Zdziarski

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo, a adaptabilidade e a estabilidade de cultivares modernas de soja (Glycine max), em ensaios multiambientes, assim como identificar os genótipos ideais para oito ambientes de cultivo no Brasil. Utilizou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições, para a avaliação de 46 cultivares em oito ambientes, nas microrregiões de adaptação 102, 201 e 202, na safra 2014/2015. Ocorreu interação genótipo x ambiente complexa, com alterações do ranqueamento de cultivares entre os locais. As cultivares NA 5909 RG, M6410IPRO, NS 5959 IPRO, NS6823RR, M5917IPRO, NS 6767 RR e 6563RSF IPRO apresentaram as maiores médias produtivas. As cultivares NA 5909 RG, NS6823RR, M6410IPRO e NS 5959 IPRO apresentaram elevada adaptabilidade e estabilidade e alta produtividade de grãos, nos ambientes avaliados, e posicionaram-se próximo do que seria considerado ideal para os ambientes analisados. Há cultivares modernas de soja adaptadas, estáveis e com elevada produtividade, para o cultivo nas microrregiões 102, 201 e 202 de adaptação da cultura da soja no Brasil.

Palavras-chave


Glycine max; adaptabilidade e estabilidade, interação genótipo x ambiente; GGE biplot; modelos mistos

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168