Sensor WorldView-2 para detecção de hematita e goethita em solos tropicais

Gustavo Macedo de Mello Baptista, Débora Teobaldo

Resumo


O objetivo deste trabalho foi simular as bandas do sensor WorldView-2 a partir de espectros obtidos em laboratório, para estudar seu potencial de detectar óxidos de ferro, além de propor um índice espectral com base na profundidade da feição espectral (RHGtPF). O índice férrico IFe e o índice hematita IHm, desenvolvidos por Madeira Netto para as bandas do sensor Landsat-TM5, foram ajustados para o WorldView-2 para testar o potencial da nova banda do amarelo. Os resultados mostraram que a banda do amarelo degrada em 2% comparada à do vermelho. Isso se deve ao fato de a quantificação e identificação do mineral estarem localizadas na feição de absorção e não na de reflectância, e isso só é melhorado na visualização da cor. Um novo índice espectral, RHGtPF, baseado na profundidade de feição com o contínuo espectral removido, foi proposto, pois as novas bandas do sensor WorldView-2 – azul costal e amarelo – permitem individualizar melhor as feições de absorção da goethita e da hematita separadamente. O novo índice é estatisticamente similar à relação Hm / Hm + Gt; porém, ele não é similar à relação mineralógica obtida por meio das cores de Munsell.


Palavras-chave


relação mineralógica; sensoriamento remoto; profundidade da feição espectral; índices espectrais

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168