Modelagem da produtividade de milho no Brasil em função das condições meteorológicas e do nível tecnológico

José Eduardo Boffino de Almeida Monteiro, Eduardo Delgado Assad, Paulo Cesar Sentelhas, Letícia da Costa Azevedo

Resumo


O objetivo deste trabalho foi desenvolver e avaliar um método para estimar a produtividade de milho com uso de um número mínimo de parâmetros e de informações limitadas sobre o manejo da cultura. O método proposto estima rendimentos potenciais e atingíveis com base no nível tecnológico dos sistemas de produção e em modelos agrometeorológicos relativamente simples. A produtividade de milho foi estimada para as safras de 2000/2001 a 2007/2008, tendo-se considerado vários locais e regiões do Brasil, e comparada aos dados de produção reais de levantamentos oficiais. A produtividade estimada apresentou alta correlação com a observada (0,76≤R2<0,92; p<0,01), com eficiência do modelo (E1’) entre 0,45 e 0,73; erro médio relativo (MRE) entre -0,9 e 2,4%; e erro médio absoluto (MAE) inferior a 70 kg ha-1, de acordo com o nível tecnológico considerado. Com base nestes resultados, este modelo pode ser recomendado para estimativas de produtividade em todo o País, e contribuir para tornar este processo mais preciso e exato.

Palavras-chave


Zea mays; modelagem de cultura em grandes áreas; parametrização; análise de risco; produtividade potencial tecnológica; previsão de safra

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168