Desempenho, rendimento e características da carne de codornas que receberam rações contendo glicerina vegetal e mista

Samily de Paulo Farrapo, Marcio Gleice Mateus Alves, Jéssica de Carvalho Brito, Ana Sancha Malveira Batista, Ednardo Rodrigues Freitas, Germano Augusto Jerônimo do Nascimento

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inclusão de glicerinas vegetal e mista na dieta de codorna de corte (Coturnix coturnix coturnix) sobre o desempenho, o rendimento de carcaça e de órgãos, e as características físicas e sensoriais da carne. Utilizaram-se 432 codornas com 1 a 42 dias de idade, em delineamento inteiramente casualizado, no arranjo fatorial 4×2+1 (5, 10, 15 e 20% de inclusão de glicerina vegetal ou mista, mais um tratamento sem glicerina), com 4 repetições e 12 aves cada uma. Avaliaram-se o consumo de ração, ganho de peso, conversão alimentar, rendimento (de carcaça, peito, coxa+sobrecoxa, coração, fígado, moela e gordura abdominal) e características físicas e sensoriais da carne. A dieta com glicerina mista proporcionou maior consumo de ração e conversão alimentar. O rendimento de carcaça, cortes, órgãos, bem como as características sensoriais da carne, não variaram entre os tratamentos. Já a gordura abdominal e a força de cisalhamento foram maiores nas aves que consumiram ração contendo glicerina vegetal. Os níveis e as glicerinas testados não interferem no ganho de peso, nem nos rendimentos e na qualidade sensorial da carne. No entanto, há prejuízo no ganho de peso e na conversão alimentar quando se utiliza glicerina mista, embora a maciez da carne seja maior quando se utilizam 15% de glicerina vegetal.


Palavras-chave


Coturnix coturnix coturnix; rendimento de carcaça; qualidade da carne; ganho de peso

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-4231 / 3448-4162 - Fax: (61) 3272-4168