Dinâmica de atributos microbiológicos do solo em sistemas integrados de produção, pastagem contínua e cerrado nativo

Willian Roberson Duarte de Oliveira, Maria Lucrecia Gerosa Ramos, Arminda Moreira de Carvalho, Thais Rodrigues Coser, Antonio Marcos Miranda Silva, Manuel Messias Lacerda, Kleberson Worlley Souza, Robelio Leandro Marchao, Lourival Vilela, Karina Pulronik

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica de atributos microbiológicos do solo em sistemas integrados de produção, em pastagem contínua e em cerrado nativo. O estudo foi conduzido em área de transição de lavoura para pecuária. Quatro áreas com diferentes usos da terra foram avaliadas: sistema de integração
lavoura-pecuária-floresta (ILPF), cultivado com renques de Eucalyptus urograndis, com espaçamento de 2x2 m entre plantas e 22 m entre renques; sistema de integração lavoura-pecuária (ILP); além de duas áreas adjacentes de cerrado nativo e pastagem contínua, usadas como referência. Para a avaliação dos atributos
microbiológicos, amostras de solos foram retiradas das camadas de 0,00–0,10, 0,10–0,20 e 0,20–0,30 m, em fevereiro de 2012 e fevereiro de 2014 (estação chuvosa), e em julho de 2012 e setembro de 2013 (estação seca). No geral, o solo sob cerrado apresentou os maiores níveis de carbono da biomassa microbiana (CBM), enquanto sob ILPF apresentou os menores. A ILP aumentou o CBM e o coeficiente microbiano nas camadas mais profundas, após dois anos de estabelecimento. A respiração basal, o nitrogênio da biomassa microbiana e o CBM são os atributos microbiológicos mais adequados para diferenciar os sistemas avaliados.

Palavras-chave


sistema de integração lavoura-pecuária-floresta, manejo do solo, biomassa microbiana do solo, qualidade do solo

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461