Qualidade física de Latossolo sob plantio direto submetido a diferentes sistemas de cultivo

Getulio de Freitas Seben Junior, José Eduardo Corá, Rattan Lal

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade física de Latossolo sob plantio direto submetido a diferentes rotações de cultura e cultivos de sucessão. O experimento foi realizado em Latossolo Vermelho eutrófico argiloso, durante seis anos, em delineamento de blocos ao acaso, em faixa, com três repetições. Foram avaliados os seguintes atributos físicos, indicadores da qualidade do solo: densidade do solo e conteúdo de carbono, bem como diâmetro médio ponderado e resistência tênsil dos agregados. Os tratamentos consistiram de três rotações com culturas de verão – milho/milho (Zea mays), soja/soja (Glycine max) e soja/milho – e de sete segundos cultivos (sucessão) – milho, girassol (Helianthus annuus), nabo forrageiro (Raphanus sativus), milheto (Pennisetum americanum), feijão-guandu (Cajanus cajan), sorgo (Sorghum bicolor) e crotalária (Crotalaria juncea). As rotações e os cultivos de sucessão não influenciaram o conteúdo de carbono no solo. O milho, como cultivo de verão, incrementou a resistência tênsil e o diâmetro médio ponderado dos agregados, do mesmo modo que o milheto e o sorgo como segundos cultivos. A rotação soja/milho, com crotalária como segundo cultivo, aumenta a qualidade física do solo e promove maior resistência tênsil e menor densidade do solo.

Palavras-chave


sequestro de carbono, rotação de culturas, diâmetro de agregados, densidade do solo, carbono orgânico do solo, resistência tênsil.

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461