Qualidade física do solo e produtividade da cana-de-açúcar com uso da escarificação entre linhas de plantio

Marcos Aurelio Carolino de Sá, João de Deus Gomes dos Santos Junior, Claudio Alberto Bento Franz, Thomaz Adolpho Rein

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da escarificação entre linhas sobre o crescimento de raízes, a compactação do solo e a produtividade de soqueiras de cana-de-açúcar no Cerrado. O estudo foi conduzido por cinco anos, de 2009 a 2013, em Latossolo Vermelho acriférrico típico, de textura muito argilosa, no Município de Bom Jesus de Goiás, GO. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com dois tratamentos, com e sem escarificação, e quatro repetições. Foram avaliados: produtividade de colmos e de açúcar; densidade do solo; grau de compactação; intervalo hídrico ótimo; e massa de raízes. A escarificação do solo não afetou a produtividade de colmos ou a de açúcar, a massa específica de raízes e nem atributos físicos do solo. A densidade crítica do solo para o crescimento de raízes foi de 1,33 g cm-3, que corresponde a um grau de compactação de 87,9%. A resistência do solo crítica à penetração de raízes é de 3,8 MPa.

Palavras-chave


crescimento de raízes, densidade relativa, grau de compactação, intervalo hídrico ótimo, qualidade do solo, resistência à penetração.

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461