Potencial forrageiro e qualidade da silagem de quatro variedades de sorgo sacarino

Marco Antonio Previdelli Orrico Junior, Marciana Retore, Débora Maurício Manarelli, Fernanda Barboza de Souza, Luana Liz Medina Ledesma, Ana Carolina Amorim Orrico

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar quatro variedades de sorgo sacarino (Sorghum bicolor)quanto à produtividade, à composição química das partes da planta e à qualidade do processo de ensilagem. As variedades de sorgo sacarino utilizadas foram BRS 506, BRS 508, BRS 509 e BRS 511. O experimento foi dividido em dois ensaios, que avaliaram: produção, composição morfológica e qualidade nutricional das variedades sacarinas; e qualidade do processo fermentativo e valor nutricional das silagens das variedades sacarinas. Das variedades testadas, a BRS 509 e a BRS 511 foram as que apresentaram maiores produções de matéria seca (MS) total. A variedade BRS 508 apresentou o maior coeficiente de digestibilidade in vitro da planta inteira (70,65% da MS). Durante a ensilagem, a variedade BRS 509 foi a que apresentou menor perda de MS (8,87%). A maior produção de efluentes foi observada para BRS 506 e BRS 508, com produção de 521,87 e 393,16 kg Mg‑1 de MS ensilada, respectivamente. A variedade BRS 511 é a mais indicada em razão dos melhores resultados de produção e de qualidade nutricional da planta. Em relação ao processo de ensilagem, a BRS 509 apresenta as menores perdas fermentativas e o maior valor nutritivo da silagem.


Palavras-chave


Sorghum bicolor; forragicultura; valor nutritivo; volumoso; ruminantes

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461