Controle biológico do mofo‑branco por Trichoderma harzianum em feijão em condições de campo

Daniel Diego Costa Carvalho, Alaerson Maia Geraldine, Murillo Lobo Junior, Sueli Corrêa Marques de Mello

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar isolados de Trichoderma harzianum para o controle biológico do mofo‑branco em feijão (Phaseolus vulgaris). Cinco isolados foram avaliados para o biocontrole do mofo‑branco em feijão 'Pérola', em condições de campo, nos anos agrícolas 2009 e 2010.Um isolado comercial (1306) e um tratamento testemunha foram incluídos. Aplicações foliares a 2x109 conídios mL‑1 foram realizadas aos 42 e 52 dias após a semeadura (DAS), em 2009, e aos 52 DAS em 2010. Os isolados CEN287, CEN316 e 1306 reduziram o número de apotécios por metro quadrado de Sclerotinia sclerotiorum, em comparação à testemunha, nos dois anos agrícolas. CEN287, CEN316 e 1306 reduziram a severidade do mofo‑branco no período experimental, quando comparados à testemunha.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; Sclerotinia sclerotiorum; antagonistas; hiperparasitismo; patógenos habitantes do solo

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461