Adaptabilidade e estabilidade fenotípica de clones de cana‑de‑açúcar

William Rodrigues Antunes, Edgar Ricardo Schöffel, Sergio Delmar dos Anjos e Silva, Eberson Eicholz, Adílson Härter

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a adaptabilidade e a estabilidade de clones de cana‑de‑açúcar (Saccharum spp.) de ciclo médio‑tardio, quanto à produção de colmos e de açúcar, e a eficiência da conversão de energia solar em produção, na região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Treze clones foram avaliados em nove ambientes, em delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. As variáveis utilizadas para a análise de efeitos principais aditivos e interações multiplicativas (AMMI) foram: a produtividade de colmos e de açúcar, e a eficiência da conversão de energia solar em produção. Houve interação entre clones e ambientes, e o clone RB996527 destacou-se por ampla adaptação aos ambientes de teste, elevada produtividade de colmos e açúcar, estabilidade e eficiência da conversão de energia solar em produção, tendo superado a testemunha RB867515. Os ambientes com maior produtividade foram São Luiz Gonzaga (primeira‑soca) e Santa Rosa (cana‑planta e primeira‑soca).


Palavras-chave


Saccharum; AMMI; ampla adaptação; interação clones x ambientes

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461