Caracterização do extrato de arruda e avaliação de seu potencial para o controle da brusone

Karinna Bannach Reis, Marcio Vinicius de Carvalho Barros Côrtes, Frederico Severino Martins, Marta Cristina Corsi de Filippi, José Realino de Paula, Edemilson Cardoso da Conceição

Resumo


O objetivo deste trabalho foi purificar e padronizar o extrato de arruda (Ruta graveolens) e avaliar o seu efeito sobre Magnaporthe oryzae como alternativa para a gestão integrada da brusone. A droga vegetal foi caracterizada, o extrato líquido obtido, e a metodologia para quantificar os marcadores padrão psoraleno e bergapteno validada. O extrato de arruda e os marcadores, isolados ou combinados, foram ensaiados in vitro, assim como em condições de casa de vegetação, para a avaliação de sua capacidade de suprimir a brusone, pela avaliação do crescimento micelial, da germinação de conídios e da formação de apressório. O extrato de arruda inibiu o crescimento micelial de M. oryzae (100%), a germinação de conídios (DL50=0,237 mg) e a formação de apressórios (DL50=0,121 mg); além disso, o extrato reduziu a severidade da brusone em 80,84%. A microscopia de fluorescência mostrou que o extrato de arruda não danificou a parede celular e a membrana plasmática de M. oryzae, o que indica outro modo de ação. O extrato de arruda apresenta grande potencial para o controle da brusone em folhas de arroz.


Palavras-chave


Magnaporthe oryzae; Ruta graveolens; bergapteno; psoraleno

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461