Amblyseius largoensis no controle do ácaro‑vermelho‑das‑palmeiras em condições de semicampo

Elisângela Gomes Fidelis Morais, Jéssica Silva Oliveira, Manoel Guedes Corrêa Gondim Jr., Gilberto José Moraes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de duas populações de Amblyseius largoensis (Acari: Phytoseiidae) no controle de Raoiella indica (Acari: Tenuipalpidae). Os tratamentos foram: liberação de A. largoensis da ilha de La Réunion; liberação de A. largoensis do Estado de Roraima; e controle, sem liberação de predadores. Inicialmente, 20 predadores foram liberados por planta; outras três liberações de dez adultos por planta foram feitas aos 46, 135 e 156 dias após a primeira liberação. A densidade populacional foi estimada a cada 20 dias, durante seis meses. Ambas as populações de A. largoensis avaliadas não são suficientemente eficientes para controlar a população de R. indica.


Palavras-chave


Raoiella indica; controle biológico; coco; praga quarentenária

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461