Reação enzimática ao estresse salino durante a germinação de estilosantes

Adriana Gonela, Eliana Gertrudes Macedo Lemos, Teresinha de Jesus Deléo Rodrigues, Maria Lidia Stipp Paterniani

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do NaCl nos sistemas isoenzimáticos durante o estádio inicial de germinação do Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw. Sementes das variedades botânicas canenscens, microcephala, pauciflora e vulgaris foram colocadas para germinar em caixas de plástico, com papel-filtro umedecido com água (controle) e solução de NaCl (134 mmol), em estufa BOD, por 14 horas. Após este período, foi realizada a extração das enzimas glutamato desidrogenase e peroxidase. As enzimas apresentaram
comportamentos diferenciados nas quatro variedades quando submetidas ao estresse salino.

Palavras-chave


Stylosanthes guianensis; salinidade; leguminosa forrageira; isoenzimas

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461